699: As Férias de Natal no OAL! (17 a 21 Dez 2018)

Este ano, o OAL preparou um programa especial para crianças e jovens durante a primeira semana de férias do Natal. Consulta o programa de actividades e inscreve-te!

17 DE DEZEMBRO | OAL

As Constelações (entre as 9:00 horas e 12:30 horas)

Começamos a programação das férias no OAL com histórias que nos dão a conhecer os mitos de outros tempos e conhecer as constelações celestes, ao mesmo tempo que se as imaginam e as desenham, unindo estrelas num mapa do céu. Construir um pequeno observatório de constelações e através dele observá-las é outra das actividades. Para além das constelações falamos também dos planetas e das estrelas, de modo a conhecer as suas diferenças. Vamos ainda, construir e aprender a utilizar um planisfério celeste.

Há enfeites de Natal (entre as 14:00 horas e 17:30 horas)

No primeiro dia das férias, vamos realizar um atelier divertido, para fazer decorações de Natal: estrelinhas, bolas de planetas para decorar a árvore de Natal, foguetões em origami, o único limite é a imaginação.

 18 DE DEZEMBRO | OAL

O Sistema Solar (entre as 9:00 horas e 12:30 horas)

Neste atelier, viajamos ao sistema solar, para explorar e identificar os diferentes corpos que o constituem.
Vamos construir um Modelo à Escala do Sistema Solar.

Máscaras de planetas (entre as 14:00 horas e 17:30 horas)

Dançar a dança dos astros com as máscaras que iremos construir e pintar. Jogar alguns jogos elucidativos e realização de experiências planetárias, por fim, faz-se uma dramatização sobre o tema “O que é o Sistema Solar? “

19 DE DEZEMBRO | OAL

Peddy Paper (entre as 9:00 horas e 12:30 horas)

Bem-vindos ao OAL. Acompanhem-nos nesta aventura no Observatório Astronómico de Lisboa e conheçam o desafio que vos lançamos.

Visita ao OAL (entre as 14:00 horas e 17:30 horas)

Nesta tarde vamos entrar no edifício histórico do OAL para ver os seus telescópios e aprender como funcionava um observatório do século XIX. Vamos também visitar os aspectos menos conhecidos do património do OAL, como as miras, e as casas dos astrónomos. Depois da visita podemos desenhar algum dos edifícios ou instrumentos do OAL que vimos.

20 DE DEZEMBRO | OAL

A Lua (entre as 9:00 horas e 12:30 horas)

Na segunda metade do séc. XX a corrida espacial foi uma disputa ocorrida entre a União Soviética (URSS) e os Estados Unidos da América pela supremacia na exploração e tecnologia espacial, que culminou na chegada do Homem à lua.
Prepara-te para a descolagem … 3… 2 …1!  Vamos descobrir a lua através de imagens. Conhecer o seu movimento, as suas fases, os eclipses, as marés e também as missões que levaram o homem à lua, que instrumentos lá deixaram, onde pousaram e como regressaram à Terra. Iremos usar mapas da lua. Conhecer as figuras que outras culturas imaginavam ao olhar para a lua e, porque não, desenhá-las? Por fim, vamos ainda ver um filme ou documentário sobre as viagens espaciais da ida à Lua.

Montagem de um telescópio (entre as 14:00 horas e 17:30 horas)

Nesta tarde vamos aprender a montar um telescópio transportável: telescópio Meade de 8” em montagem equatorial.

21 DE DEZEMBRO | OAL

A Astronomia da Hora (entre as 9:00 horas e 12:30 horas)

Neste atelier vamos aprender sobre “O que é a hora?” e como tem sido medida ao longo dos tempos. Vamos construir e aprender a utilizar dois instrumentos históricos para medir a hora: o relógio solar equatorial e o nocturlábio.

Há Bolachas de Natal (entre as 14:00 horas e 17:30 horas)

No último dia das férias no OAL, vamos realizar um atelier divertido: cozinhamos as mais maravilhosas bolachas de Natal, com formas dos planetas e de outros objectos celestes.

INSCRIÇÕES

Este programa é para crianças e adolescentes dos 6 aos 17 anos.

Inscrição de 1 dia: 12€ | Inscrição de 5 dias: 50€

A inscrição inclui lanche da tarde, mas não inclui almoço. Os almoços terão lugar na cafetaria do Instituto Superior de Agronomia no interior da Tapada da Ajuda e rondarão os 4€ – 5€.

Inscrição obrigatória através do endereço info@oal.ul.pt

Informações: 213 616 734


OAL – Observatório Astronómico de Lisboa
29 Nov 2018



[vasaioqrcode]
 

698: O céu nocturno de Dezembro em 2018

Todos os planetas visíveis a olho nu podem ser observados no céu nocturno de Dezembro de 2018

Mercúrio será visível ao amanhecer na constelação de Sagitário, movendo-se para a constelação de Ofiúco. Encontra-se na direcção Sudeste.  A sua magnitude no inicio do mês varia de 2,9 a -0,6. Consulte aqui toda a informação sobre a “Observação de Mercúrio” e sobre a “Visibilidade de Mercúrio em 2018”.

Vénus será visível ao amanhecer na constelação de Balança, e depois move-se para a constelação de Escorpião, por fim move-se para a constelação de Ofiúco. Encontra-se na direcção Sudeste. A sua magnitude no inicio do mês varia de -4,5 a -4,6.

Marte será visível durante a noite na constelação de Virgem, e depois move-se para a constelação de Balança, a sua tonalidade avermelhada auxiliará a sua identificação. No dia 14, Marte estará a 4°N da Lua pelas 23 horas. Encontra-se na direcção Sul. A sua magnitude ao longo do mês varia de -0,1 a -0,4.

Júpiter será visível ao amanhecer a partir do dia 4 na constelação de Balança. Encontra-se na direcção Sudeste. A sua magnitude ao longo do mês varia de -1,7 a -1,8.

Saturno será visível ao anoitecer na constelação de Sagitário. Encontra-se na direcção Sudoeste. A sua magnitude ao longo do mês é de 0,5.

Fig. 1 – Céu visível às 18:30 horas do dia 1 de Dezembro em Lisboa mostrando os planetas Marte e Saturno.
Fig. 2 – Céu visível às 6:30 horas do dia 15 de Dezembro em Lisboa mostrando os planetas Mercúrio, Vénus e Júpiter.

Tabela do nascimento, passagem meridiana e ocaso dos planetas.

Úrano e Neptuno também visíveis no céu nocturno de Dezembro

Úrano, estará visível na constelação de Peixes e Neptuno estará visível na constelação de Aquário, onde permanecerá durante todo o resto do ano. Os planetas Úrano e Neptuno terão de ser observados com telescópio, já que nunca são visíveis à vista desarmada.

Para obter mais informação sobre a “Visibilidade dos Planetas” consulte no nosso site a página Almanaques/Dados de 2018/ Visibilidade dos Planetas em 2018 e consulte também a tabela Nascimento, Passagem Meridiana e Ocaso dos planetas (Lisboa).

A chuva de meteoros das Gemínidas e das Úrsidas em Dezembro.

Este mês a Terra cruza a órbita do Asteróide Faetonte e são os “detritos” deixados por este asteróide os responsáveis pelo enxame de meteoros que decorre anualmente entre 4 e 17 de Dezembro: o enxame das Gemínidas. O nome deste enxame resulta dos traços das suas estrelas cadentes nos parecerem sair dum ponto da constelação dos Gémeos (o radiante).
Os apaixonados por este tipo de fenómenos, e os curiosos em geral, poderão nas próximas noites perder algumas horas de sono para apreciar este belo espectáculo. Para as observar aconselhamos evitar noites nubladas, a poluição luminosa das grandes cidades e procurar um horizonte desimpedido.

A observação do pico das Gemínidas ocorre no dia 14 pelas 12h30, com o número bastante elevado de 120 meteoros por hora. Não será uma possível observar o seu pico que ocorre durante o dia.

A Terra também cruza a órbita do Cometa Tuttle e são os seus restos responsáveis pela chuva de meteoros das Úrsidas, que decorre anualmente entre 17 e 26 de Dezembro. As previsões mostram que o dia 22 de Dezembro, é o pico de intensidade máxima desta chuva. O número de estrelas cadentes observado não é muito elevado, apenas de 10 meteoros por hora. O nome deste enxame resulta dos traços das suas estrelas cadentes nos parecerem sair dum ponto da constelação da Ursa Menor (o radiante). O radiante das Úrsidas é circumpolar na maioria dos locais do hemisfério norte, como é o caso em Portugal. A lua estará em fase de Lua Cheia, dificultando as condições de observação.

Fig. 3 – (figura do IMO) mostra o radiante da chuva de meteoros das Gemínidas.

Tabela com a informação sobre as chuvas de meteoros das Gemínidas e das Úrsidas

Para obter mais informação sobre “Enxames de meteoróides”, e também um a pequena informação sobre a história deste enxame, consulte no nosso site a página Enxames de Meteoroides.

Fases da Lua em Dezembro

Como é bem conhecido, as fases da lua são determinadas pelas posições relativas do sistema sol-lua-terra. À medida que a Lua se move à volta da Terra, ambos os astros progridem à volta do sol, ocorrendo todos os meses Lua Cheia quando há um alinhamento do tipo Sol–Terra–Lua. A Lua Nova ocorre quando há um alinhamento do tipo Sol–Lua–Terra e nas posições intermédias ocorrem o Quarto Crescente e Quarto Minguante. O período que a Lua demora para passar pela mesma fase é de 29,5 dias, conhecido como mês sinódico (ou uma lunação).

Fig. 4 – A órbita lunar com excentricidade aproximada, para mostrar o conceito.

Para obter mais informação sobre as “Fases da Lua” consulte no nosso site a página Almanaques/Dados de 2018/ Fases da Lua e consulte também a tabela Nascimento, e Ocaso da Lua (Lisboa)

A órbita lunar em Dezembro

A órbita da Lua é aproximadamente uma elipse de excentricidade média 5,5%. A lua demora 27,3 dias a completar a translação (um mês lunar). A órbita elíptica faz com que a Lua ora esteja mais perto, ora mais longe da Terra. O ponto orbital mais próximo da Terra é denominado Perigeu e o ponto mais afastado chama-se Apogeu. A distância média Terra-Lua é <dTL>= 384.400 km. A tabela abaixo indica os instantes do apogeu e perigeu lunar com a distância da Terra à Lua em unidades de RT (Raio Terrestre).

Apogeu

Fig. 5 – A órbita lunar com excentricidade muito exagerada, para mostrar o conceito.

Tabela com a informação sobre o Apogeu e Perigeu lunar

OAL – Observatório Astronómico de Lisboa
30 Nov 2018



[vasaioqrcode]
 

Missão: Lua – 30.Nov.2018

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 44.54% visível e está a decrescer. Faltam 0 dias para a fase Quarto Minguante.

Distância da Lua à Terra: 366.148.47 km
Idade da Lua: 22.66 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Quarto Minguante
Visibilidade da Lua: 44.54%

 
30112018@03:43

Depois de um dia de chuva, uma noite com céu limpo que permitiu estas imagens:







[vasaioqrcode]
 

Missão: Lua – 29.Nov.2018

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 55.87% visível e está a decrescer. Faltam 1 dias para a fase Quarto Minguante.

Distância da Lua à Terra: 364.185.50 km
Idade da Lua: 21.60 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Quarto Minguante
Visibilidade da Lua: 55.87%

 
29112018@03:12 a.m.

Céu com alguma nebulosidade, não permitindo uma focagem correcta, mas ainda se conseguiram estas imagens:








[vasaioqrcode]
 

Missão: Lua – 28.Nov.2018

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 67.03% visível e está a decrescer. Faltam 2 dias para a fase Quarto Minguante.

Distância da Lua à Terra: 363.329.79 km
Idade da Lua: 20.51 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Quarto Minguante
Visibilidade da Lua: 67.03%

 
28112018@02:25 a.m.

Céu bastante nublado pelo que apenas consegui estas imagens ao nosso calhau:









[vasaioqrcode]
 

Missão: Lua – 27.Nov.2018

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 86.38% visível e está a decrescer. Faltam 4 dias para a fase Quarto Minguante.

Distância da Lua à Terra: 365.113.61 km
Idade da Lua: 18.32 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Quarto Minguante
Visibilidade da Lua: 86.38%

 
26112018@18:07

Fim de tarde com céu limpo, embora com nuvens a Sul no horizonte. Veremos se mais logo dá para sacar umas imagens ao nosso calhau.


27112018@01:17 a.m.
Céu muito nublado. Apenas se conseguiu isto:




27112018@06:11 a.m.

Segunda sessão com o céu mais aberto mas numa posição difícil para enquadramento:







[vasaioqrcode]
 

Missão: Lua – 26.Nov.2018

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 86.38% visível e está a decrescer. Faltam 4 dias para a fase Quarto Minguante.

Distância da Lua à Terra: 365.113.61 km
Idade da Lua: 18.32 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Quarto Minguante
Visibilidade da Lua: 86.38%

 
26112018@00:20

Dia chuvoso, abrindo durante a noite. Ainda consegui estas imagens do nosso calhau, do meu backyard:






26112018@07:06 a.m.: tiradas da parte frontal do prédio com o céu limpo e já com claridade de dia:







[vasaioqrcode]
 

Missão: Lua – 24.Nov.2018

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 93.37% visível e está a decrescer. Faltam 5 dias para a fase Quarto Minguante.

Distância da Lua à Terra: 367.663.17 km
Idade da Lua: 17.21 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Quarto Minguante
Visibilidade da Lua: 93.37%

 
24112018@23:42

Tempo de chuva, céu muito nublado, mas consegui uma pequena aberta que deu apenas para isto:






[vasaioqrcode]
 

Missão: Lua – 23.Nov.2018 (2ª. sessão)

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 99.92% visível e está a decrescer. Faltam 0 dias para a fase Lua Cheia.

Distância da Lua à Terra: 375.346.11 km
Idade da Lua: 15.03 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Lua Cheia
Visibilidade da Lua: 99.92%

 
23112018@17:20

Dia com e sem Sol, nuvens aqui e acolá, veremos logo como estará (até fez verso). Por agora, está assim:



23112018@21:50

Céu com bastantes nuvens, poucas abertas mas dando azo a imagens fantasmagóricas do nosso calhau. Também não podia perder um espectáculo destes… Imagens tiradas no meu backyard, em posição frontal à porta traseira, dado que na frente do prédio só para as 4~5 da madrugada.
















[vasaioqrcode]
 

690: Missão: Lua 23.Nov.2018

Lua de Hoje

Em que lua estamos?

Lua Decrescente

A lua de hoje está 99.92% visível e está a decrescer. Faltam 0 dias para a fase Lua Cheia.

Distância da Lua à Terra: 375.346.11 km
Idade da Lua: 15.03 dias
Fase da Lua: Decrescente
Próxima fase da Lua: Lua Cheia
Visibilidade da Lua: 99.92%

 

Depois de um dia chuvoso, uma noite igual com poucas abertas. Numa delas, pelas 01:00 a.m. e depois pelas o4:00 a.m., consegui estas tristes figuras do nosso calhau:











[vasaioqrcode]