1290: Constância | Noites cruzam poesia de Camões com astronomia no Planetário de Ptolomeu

INFORMAÇÃO

Foto: DR

O Jardim-Horto de Camões, na vila de Constância, vai juntar astronomia e a obra de Camões nas noites de 31 de Julho e 21 de Agosto, em iniciativas que vão permitir observar o céu a partir de um dos espaços emblemáticos daquele monumento vivo ao poeta: o Planetário de Ptolomeu. As duas sessões serão dinamizadas pelo astrónomo Máximo Ferreira e pela professora de Português e camonista Ana Maria Dias. As duas sessões ocorrem das 21h00 às 00h00, e necessitam de inscrição prévia.

O Planetário de Ptolomeu constitui-se de um pequeno anfiteatro ao ar livre, onde se encontra representada a teoria geocêntrica do universo como era entendida no tempo de Camões, que irá permitir cruzar “conhecimentos de astronomia, da época e de agora, com a profundidade e a beleza das estrofes d’Os Lusíadas em que o épico explanou a sua arte e o seu saber”, refere-se em nota enviada pela organização.

Estas acções integram o programa Ciência Viva no Verão 2020, e resultam de uma parceria entre o Centro Ciência Viva de Constância e a Associação da Casa-Memória de Camões.

O programa inclui para dia 31 de Julho, esta sexta-feira, uma conversa breve sobre o conceito geocêntrico do mundo e pormenores da descrição que Camões faz (na forma de lição que Tétis dá a Vasco da Gama, na Ilha dos Amores) do conhecimento astronómico da época, bem como identificação de algumas constelações citadas por Camões em Os Lusíadas.

Serão também feitas referências aos “astros errantes” e aos céus onde “residem”, segundo a descrição de Tétis: Lua, no primeiro céu; Júpiter, no sexto céu e Saturno, no sétimo céu e feitas observações da Lua, Júpiter e Saturno através de telescópio ligado aos telemóveis dos participantes via Wi-Fi.

Já no dia 21 de Agosto, a conversa será sobre os mesmos temas, mas com observações de Júpiter e Saturno através de telescópio ligado aos telemóveis dos participantes via Wi-Fi, podendo ainda observar-se nesta noite a nebulosa “anel da Lira”, o “enxame de Hércules” e a galáxia de Andrómeda.

Ambas as sessões terão limite de participantes, de forma a garantir o cumprimento das normas recomendadas pela Direcção-Geral da Saúde, motivo pelo qual a participação depende de inscrição prévia em www.cienciaviva.pt/veraocv/2020.

mediotejo.net
Por
Joana Rita Santos –
30 de Julho, 2020

Avatar

 

523: XXV ASTROFESTA

 

17, 18 e 19 de Agosto de 2018

SEXTA-FEIRA, 17

A partir das 18:00 

Acolhimento de participantes, distribuição de espaços de descanso e equipamentos.

A partir das 21:30

Observações astronómicas

SÁBADO, 26

10:00 às 13:00

Mini “curso” – Introdução à Astronomia* (pequeno auditório do CCVC)

Máximo Ferreira (CCV de Constância)

*gratuito – carece de inscrição prévia: info@constancia.cienciaviva.pt

15:30

Sessão oficial de abertura (Anfiteatro Rómulo de Carvalho)

Máximo Ferreira, Diretor Executivo do Centro Ciência Viva de Constância

José Pedro Sousa Dias, Diretor do Museu Nacional de História Natural e da Ciência

Rosalia Vargas, Presidente da Ciência Viva – ANCCT

Sérgio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Constância

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

16:10

Apresentação da brochura Vigésima Quinta Astrofesta – 25 anos a divulgar ciência.

16:30

Início das Palestras (ANFITEATRO Rómulo de Carvalho) 

16:30  O espectacular registo da ocultação da estrela UCAC4 410-143659 por Tritão

(N1) no CCVC em 2018/10/05 – Rui Gonçalves, APAA/IPT

17:10  Sondas, observatórios espaciais e a queda de satélites – Rui Agostinho, FCUL/OAL

17:50 – Como observar e fotografar a nossa estrela – Pedro Ré, APAA/FCUL

17:50 – (AUDITÓRIO) – Radioastronomy using a small radiotelescope** – Michiel Klaassen

**carece de inscrição prévia (máximo 20 vagas): info@constancia.cienciaviva.pt 

18:30 Dois anos de Observatório Lago Alqueva (OLA) – Nelson Nunes, OLA/FCUL

19:00 – Detecção de Asteróides – Cédric Pereira, European Space Astronomy Centre

19:45  Intervalo para jantar

21:15 Astronomia de Amadores – Carlos Reis, ADASTRA 

21:45 – Concentração de Telescópios em Moimenta da Beira Paulo Sanches, AEMB  

22:15  A luz que acabou com as trevas: CR7 e companhia – David Sobral, Lancaster University

23:00 – Planetário/Casa de Ciência de Braga – João Paulo Vieira

23:30 – Visita guiada ao céu  Máximo Ferreira, Centro Ciência Viva de Constância

Em simultâneo:

– Workshops no Lago Arquimedes

– Feira de ciência

– Observação do Sol, por projecção e com filtros

– Observações astronómicas

DOMINGO, 26

00:01 Caldo Verde

06:50 – Nascer do Sol

Fotografia de grupo dos sobreviventes



[vasaioqrcode]

[SlideDeck2 id=1831]

[powr-hit-counter id=06cd848d_1531854095722]

See also Blog